Gostou de algum texto? Quer copiar o texto inteiro ou parte dele? Clique e saiba como fazer!

Licença Creative Commons
A obra Vagabond of the Western World de Luciana Alves Bonfim foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em dontfearthereaper1981.blogspot.com.

Desejados!!!

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

A primeira do ano...

Já vou começar reclamando, né, porque se não, não seria um post meu. Aliás, não reclamando, mas sarcastiando: Mulheres, conseguimos! Chegamos, finalmente, em pé de igualdade com os homens! Pa-ra-béeeenz pra nós. Quer prova mais concreta (ou líquida... líquido pode ser considerado concreto? Bem, não é abstrato. Então pooooooooode!) do que entrar no banheiro das mulheres e achar o recinto numa nojeira total - como se fosse o banheiro dos homens? Nos superamos, realmente! Atingimos o supra-sumo (eu lembro da bala da Xuxa - que nome mais besta pra uma bala.. "supra-sumo") da igualdade entre os sexos... E até fazemos melhor! Conseguimos molhar as pias dos "toilettes"... Sim.. CONSEGUIMOS, porque veja bem... pra um homem é muito fácil molhar a "toilette", afinal ele está num ângulo favorável para isso - perceba que até nisso os homens são favorecidos, humpf! Mas nós? Nós não... eu fico imaginando o malabarismo que algumas colegas de sexo (SEXO FEMININO, POR FAVOR!) fazem pra conseguir... CONSEGUIR molhar o "toilette". Mas isso não importa, as zeladoras dos shopping centers e rodoviárias são pagas pra isso mesmo, ué. Sim, você leu direito: SHOPPING CENTERS. Agora pare, feche os olhos, respire profundamente, ligue o som numa música da Enya e imagine uma madame fazendo malabarismos capazes de molhar de amarelo dourado o chão do banheiro de um shopping center.

Ai, ai... é por essas e outras que eu chego a conclusão de que ninguém é melhor do que ninguém mesmo... No final, todo mundo faz cocô e xixi... e uns até mais educadamente do que os outros, rá!

Obrigada pelo fim de ano perfeito, Carlovski! A saudade é uma coisa que me faz te amar ainda mais e mais.

Amigos, que saudade de vocês! SEMPRE muito bom revê-los!

2 comentários:

Anti-herói disse...

Depois reclamam de estabelecimentos que cobram 1 real para ir ao banheiro... eu acho mais do que certo cobrar. Não acharia certo se a população fosse mais limpa, organizada e respeitasse a propriedade alheia ao ir no banheiro.
*não se prolongue, isso dá tese de mestrado*


Eu que agradeço pelo final/começo de ano. Saudades extremas... Quem vai na 25 comigo? Quem vai jogar banco imobiliário comigo? Quem vai ver dvds comigo? Enfim...
SAUDADES.

Anti-herói disse...

A propósito, o banheiro masculino do West Plaza, do Maxi Shopping e o da Barra Funda (o que não precisa pagar!) estavam bem aceitáveis... O feminino minha mãe disse que estava uma nojeira completa. Acho as mulheres que entraram nesses banheiros já superaram os homens, isso sim, kkkkkkkkkkkkk