Gostou de algum texto? Quer copiar o texto inteiro ou parte dele? Clique e saiba como fazer!

Licença Creative Commons
A obra Vagabond of the Western World de Luciana Alves Bonfim foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em dontfearthereaper1981.blogspot.com.

Desejados!!!

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Mudanças. Ou não.

Só porque a Van mandou, mesmo. A Van manda e eu obedeço!

Eu sou daquelas pessoas que tem uma idéia super-hiper-genial pra alguma coisa... e depois esquece! Eu poderia ter inventado a máquina de dinheiro. A máquina de teletransporte. A máquina do tempo. Mas eu devo ter esquecido comofás. Outro post perdido no universo da minha (des)memória.

Dizem por aí que Gêmeos é volúvel. Muda de opinião assim como muda de roupa. Mas deve ser só de opinião, porque eu não gosto muito de mudar. Quer dizer, gosto, mas não gosto. Ain, isso cansa. Gosto de mudar, mas não gosto do que vem junto com a mudança. E olha que vem muita coisa com mudanças, coisas concretas e abstratas.

Das coisas concretas a gente dá um jeito. Encaixa num cantinho, olha a data de validade e joga fora. Dobra e põe na gaveta. Doa pra quem precisa. Aproveita de uma forma diferente, dá uma reformada. Chuta pra debaixo da cama, varre pra debaixo do tapete, joga dentro de uma caixa - só pra parecer que tá arrumado. Mas não queira abrir a caixa! Dá uma tristeza só de pensar na bagunça que vai estar dentro da caixa/guarda-roupa.

O que a gente faz com as coisas abstratas? Não tem como encaixar num cantinho. Tem validade indefinida. Não tem como dobrar e por na gaveta. Alguém aceita doação? Será que cabe dentro de uma caixa? Ainda bem que não cabe. Por que toda vez que eu abrisse a caixa, iria estar ali. Eu teria que reviver tudo de novo.

As coisas abstratas das mudanças eu vou ter que sentir até elas pararem de existir. Então, eu espero que eu nunca mais tenha que as experimentar de novo. Não vão estar em caixas, nem debaixo do tapete. E talvez o peso dos ombros seja menor, porque você sabe que não terá que encará-las novamente, as coisas abstratas. É até melhor, porque vai que eu aprendo alguma coisa nesse processo.

Mentira, a gente nunca aprende. E nunca está feliz com a rotina. Quer mudança. A mudança vem, a situação confortável chega e você quer rotina. Vem outra mudança que você não queria e quebra a rotina que você passou a querer. Eu devo ter alguma coisa de Touro. Deve ser culpa do meu pai. Ele gostava da rotina e da estabilidade. Eu também. Mas nem tanto. Eu hein, me internem.

Mentira, a gente aprende: aprende que não aprende nunca.^

******************************

Enquanto isso, em P...

-> O Emmer perdeu a virgindade de PY. Eita, povo, lê direito! Eu não disse KY, eu disse PY! Pra quem conhece o Emmer, eu recomendo: da próxima vez que for junto com o Emmer ao PY, NÃO deixe de passar na sessão de perfumes e fazer ele cheirar TODOS! "Nhaim... ai, que vontade de chorar...". Yves Saint Laurent não é o bastante pro Emmer. Tudo bem, nem Jesus Cristo agradou a todos. Uaaaaaaaaaahahahahahahahahahahhaahah. A-DOOOOOO-RO!

-> Acho que toda turma de amigos tem um "elo". Aquela pessoa em torno da qual as outras giram, se encontram, se vêem. Eu acho que o nosso "elo" foi tirar umas férias no Mato Grosso do Sul. Com a carteira de motorista! E protocolo de renovação! Tum Tum Pxi!

-> Frio em pleno 03-04-05 de Janeiro? A-do-ray.

-> Onde tem curso específico para pessoas incapazes de usar um delineador líquido? Pelamor de Merlim, eu consigo mergulhar, até nadar, dirigir e conversar ao mesmo tempo, cozinhar razoavelmente bem, falar inglês... Minha coordenação motora fina é desenvolvida, porra! Eu consigo desenhar de uma maneira aceitável, escrever, digitar, pintar as unhas sem manchar o cotovelo... não é possível que eu não consigo passar um delineador líquido, porra! Eu sou brasileira e não desisto nunca ¬¬

Agora é sua vez, Van!

2 comentários:

Vanessa disse...

Minha querida: Será que os piscianosnao sao mais voluveis e sem forma definida?
AmoaLu.

Vanessa disse...

Me achay milhoes por ser o elo...

*vanmetida*