Gostou de algum texto? Quer copiar o texto inteiro ou parte dele? Clique e saiba como fazer!

Licença Creative Commons
A obra Vagabond of the Western World de Luciana Alves Bonfim foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em dontfearthereaper1981.blogspot.com.

Desejados!!!

sábado, 25 de abril de 2009

Os professores e a mídia.

Caro Datena e caros leitores...

Faço questão de ir até o site da Bandeirantes e me cadastrar para enviar este e-mail para você, ou para o pessoal da sua redação. Por que, assim como você, eu também tenho o direito de me expressar. Entretanto, não tenho acesso ao meio de comunicação que você tem. Por obrigação, toda e qualquer pessoa que tem esse acesso que você tem deveria usá-lo para reinvidicar os direitos dos cidadãos brasileiros e criticar de maneira consciente o que julga estar errado - CRITICAR DE MANEIRA CONSCIENTE.

Liguei a TV na quinta-feira, depois de chegar de um dia de trabalho cansativo, como milhões de trabalhadores honestos fizeram. Gosto de assistir o Datena na Bandeirantes, e não sei porque diabos eu gosto. Mas tenho algumas teorias... acho que é porque gosto de ver ele achincalhando bandidos e políticos safados. Mas talvez pode ser porque meu pai gostava de ver esses programas que só tem tragédia, acidente kkkkkkkk.

Já estava deprimida porque, uma atrás da outra, assisti a duas reportagens sobre drogas. Na primeira, a mãe tinha matado o próprio filho, usuário de droga. História triste, viu. Na segunda, a reportagem falava sobre a Cracolândia e como o problema está longe de ser resolvido.

Então, tinha um menino que tinha prendido o braço no portão eletrônico de uma escola pública (?!). Eu, que já estava cansada, deprimida e desiludida com o mundo, ainda tive que escutar o Datena falar, em resumo, que a educação brasileira era uma porcaria e que os professores eram incapazes de cuidar dos alunos. Aham. Como se cada professor tivesse quarenta pares de olhos para viajar os seus quarenta alunos durante o recreio ou saída da aula.

Além de decepcionada com o mundo, me decepcionei com o Datena. Quem é ele pra falar daquele jeito da Educação brasileira, sabendo o caos em que saúde, educação e segurança se encontram? Quem é ele pra generalizar desse jeito, falando que o professor não tem competência pra cuidar dos alunos?

Neste momento eu tô melhor do que quando ouvi esse desrespeito. Eu tinha o Datena em alta conta e considerava o cara um apresentador justo e corajoso. No momento, me senti tão indignada, tão desrespeitada, desvalorizada e injustiçada como professora, que chorei.

Chorei, pô! Chorei de raiva de ver como o professor é tratado no Brasil. Chorei pelos professores que, naquela hora, também assistiam o Datena e se sentiam injustiçados e desrespeitados. De acordo com pesquisas, a profissão de professor é a segunda mais estressante - só perde para agente carcerário. De maneira nenhuma quero desmerecer qualquer outra profissão, mas uma doméstica ou manicure ganham mais do que um professor, cuja responsabilidade é de educar formal e emocionalmente um cidadão!

Como você pode fazer isso com os professores, Datena? Como você pode esperar que uma equipe de professores dê conta de quinhentos, seisssentos, setecentos alunos na hora do recreio ou saída da escola. Como você tem coragem de desmoralizar na totalidade os professores - alguns que arriscam a vida, apanham, são jurados de morte - de incompetência? Como você pôde generalizar uma classe de trabalhadores por um simples fato isolado desses? Por que medir a competência ou incompetência da escola brasileira porque um menino prendeu o braço no portão do colégio? Sabe-se lá quantas vezes esse acidente foi evitado? Quantas vitórias os professores desta escola em questão não alcançaram, e você e seu comentário desprezível varreram para debaixo do tapete por causa de um fato isolado?

Profissional incompetente existe em todos os lugares. Desde garis até presidentes da república, caro Datena. Eu, que sempre defendi o seu trabalho corajoso em denunciar bandidos e políticos safados, não tenho mais como defendê-lo depois de ver o desrespeito com que você tratou os professores brasileiros.

Você, que com certeza deve parte do seu sucesso a professores competentes que foram capazes de te ensinar a escrever, fazer contas e raciocinar criticamente... você só tem a minha decepção, e com certeza a decepção de vários colegas professores.

Desde já, NÃO AGRADEÇO por ajudar a denegrir ainda mais a educação e os professores brasileiros, cuja maioria é composta por profissionais dedicados, competentes e honestos.

Luciana Alves Bonfim.

**********************************************************

Pois é... no momento só sinto um vazio de decepção e desilusão com o rumo que as coisas estão tomando, com o descaso pelos professores e pela educação, com críticas descabidas... Mas tem vezes que a raiva, a indignação e a injustiça são tão grandes que eu chego a chorar. E isso faz mal. Faz mal a gente saber o quão impotente e pequeno somos frente a certas injustiças...

É por isso que tomei a decisão que tomei. Daqui por diante, farei de tudo que puder para que nenhum conhecido meu vote em candidato filho da puta. Nem que pra isso eu tenha que fuçar os sites de jornais, partidos, sites oficiais do governo... de agora em diante nem eu e nem você - vamos combinar? - vamos deixar nossos conhecidos votarem em gente filha da puta que não valoriza o trabalhador brasileiro, desrespeita aposentados e ainda quer aumentinho de salário porque "não dá pra viver com míseros R$ 20.000,00", certo?

Quem quiser reclamar também, é essa a página lá ó:
www.band.com.br/brasilurgente/sobre.asp?ID=15
Demora um século, tem que se cadastrar, mas uma vez feito essa porra desse cadastro, eu vou exercer o meu direito de cidadã e de liberdade de expressão. E você?

Não vou mais ficar quieta ao ouvir burrices sendo proferidas por aí. E eu funciono melhor quando estou com raiva.

Deixa pra mim...


************************************************
EDITADO - a querida Rede Bandeirantes diz que disponibiliza um canal de atendimento do telespectador nesse link que eu passei aí em cima pra vocês. Alguém tentou se cadastrar? Aqui não vai pra frente de jeito nenhum, mas que maravilha de canal de atendimento, hein? Que maravilha... vou continuar tentando, por favor me avisem se conseguirem.


_________________________
Leia também:
* English 4 Brazilians
* Biblioteca da Lu

9 comentários:

Emerson disse...

eu nunca gostei do datena

Cris Pironi disse...

Oi, Lu!!! Espero q tenha ajudado! O kit básico é interessante e uma menina disse q hj está mais macio o de blush.

Lu, a situação de vários serviços no Brasil está lamentável. Se eu for falar de td aqui, fico até amanhã, então pensemos, especificamente, na educação.

Assim como em várias áreas existem inúmeros profissionais incompetentes dando aulas. Digo como aluna, pois fiz escola pública na maior parte da vida (só colegial q não) e eu via cada coisa, como uma professora q me perguntou: "Pneu escreve com i, Pineu?" Eu, do alto da minha 8ª série do 1º grau, fucava chocada. O que acontece é q várias instituições estão deterioradas, dentre elas, a educação. Só q um país sem educação não é NADA, pq TODOS precisam de uma boa educação para tornarem-se bons profissionais, médicos, engenheiros, advogados, psicólogos, professores, etc, etc, etc. O q acontece hj é q a instituição família está falida e inúmeras escolas tornaram-se depósito de jovens para os quais os pais não têm tempo ou cabeça. Jovens q se drogam e batem nos professores, muitos professores q não sabem lidar com o problema e muitos q não sabem a matéria q lecionam, somando isso à "lei" q impede q os alunos sejam reprovados, temos o q temos: o caos. O desrespeito à figura do professor. A incapacidade de muitos professores, por incapacidade própria ou despreparo. A ausência da família. A falta de punção. O fim da reprovação. Enfim. Muitas coisas precisam mudar.

Bjsssssss.

Cris Pironi disse...

Ah, sim, falei da educação em geral. Quanto ao comentário do Datena nem me predi a isso.

Cris Pironi disse...

Ah, Lu, eu falo um pouco do uso dos pincéis no vídeo, pena q vc não consegue ver pipipipipipi.

Daniel disse...

Po, Não sei como o programa do Datena consegue audiência, só mostra desgraça com doses cavalares de drama desmedido.
Não consigo ver um programa assim que mostre as coisas num único ponto de vista e de maneira altamente emocional...
Eu curto quando rola uma exposição neutra dos fatos e depois análises de vários pontos de vista diferentes da situação. Por isso mesmo, Lu, que não curto, por que é revoltante ver como as coisas são tão banalizadas e generalizadas.

Shogun disse...

Também não entendo ocmo as pessoas conseguem ver este tipo de programa. Só prova que o povo gosta de ver sangue e que o nível dos nossos atuais formadores de opinião é similar a inteligência de um repolho.

Cris Pironi disse...

Ah, olha, Lu, esses programas sensacionalistas são o uó do borogodó, me dão até dor de cabeça.

Outro dia eu li q faz muito mal ver programas q só querem mostrar discussão, desgraça e gritaria - mídia sensacionalista mesmo - e q é um dos causadores de enxaqueca.

E eles deturpam as coisas, formando opiniões erradas, enfim. Liberdade de expressão, mas é bom filtrar certas coisas. Aliás, o próprio Datena teve um problema de saúde sério e ele disse q acreditava q em gde parte era por causa do tipo de trabalho q ele desenvolve. Ele queria fazer outro tipo de programa, com amenidades, não lembro o q era, se era com artistas, mas q não deixavam pq ele dá Ibope nisso daí.

...::: A Luciana :::... disse...

Cris, Saga e Bond... vocês tem toda a razão... assistir essas coisas é perda de tempo, faz mal pra saúde e não se agrega nada. Aprendi isso da pior forma e pretendo pular a Bandeirantes na hora do Brasil Urgente rs...

Beijos!

Shogun disse...

Seja feliz assista desenhos rs