Gostou de algum texto? Quer copiar o texto inteiro ou parte dele? Clique e saiba como fazer!

Licença Creative Commons
A obra Vagabond of the Western World de Luciana Alves Bonfim foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em dontfearthereaper1981.blogspot.com.

Desejados!!!

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Ardeu...

Ai, gente... ardeu pro meu lado.
Super-hiper-mega-ultra ardida, diga-se de passagem.

Tinha tudo pra ser um fim de quinta-feira perfeito, se eu não tivesse conseguido o feito digno de aplausos irônicos. Não que eu queria ter ido na entrega de boletins lá do colégio onde trabalho. Mas não basta ganhar o salário, né. Tem que participar. Não pude ir no conselho de classe porque tinha aula lá na franquia, então resolvi que compensaria a ausência comparecendo e ajudando na entrega dos boletins.

Tá. Fui, né. Chovia e eu fui de carro. Quando voltei, o alarme não desligava. Nem ligava. Aliás, nada no carro ligava. Eu tinha deixado a luz do carro acesa. FDP. Liguei pro Fer e ele diagnosticou: a bateria tinha sido total e completamente torada até o osso. Quando ele chegou pra me acudir, com o carro da Gi, ele já estava puto. O segundo diagnóstico foi: vamos ter que fazer o carro pegar no trampo.

Maldita memória fraca.

Enquanto eu via ele quatro quadras abaixo, sozinho, empurrando o carro pra pegar no tranco, foi quando eu me lembrei de que o nosso tipo de carro não é daquele que pega no tranco, caralho! Isso ferra com a correia dentada. O pior é que eu tinha deixado a minha bolsa com o celular dentro do carro, não tinha nem como querer avisá-lo.

Eis que o vejo subindo a rua, com a minha bolsa Maxi roxa... "feliz" da vida. Naquele momento eu soube que arderia pro meu lado. Eu entendi que seria deserdada pra sempre da família. Ouvi quietinha o excomungão, porque eu merecia, né. Ele já tinha me avisado pra não deixar rádio, desembaçador e luzes ligadas. Mas não... eu tinha que esquecer.

Enfim... parece que ele conseguiu chamar um amigo e arrumar o carro. Não falou nada sobre a correia dentada. Pelo menos por enquanto. Vou esperar até amanhã pra perguntar sobre a desgraça da correia kkkkkkkk. Pelo menos ele vai estar menos bravo. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

************************************************************

Tirando isso, o dia foi bom. Ás 4 da manhã eu acordei com a ventania e os trovões. Fui rapidinho tirar tudo quanto é plug das tomadas, principalmente as do telefone e as do modem da internet. Gata escaldada, né. Levantar da cama foi um suplício. Aquela chuvinha deliciosa caindo e eu tendo que ir pro trampo ¬¬.

Ganhei mais um selinho da querida da Cris, do Beleza Pura, e assim que der posto aqui.

Torçam pra que a correia dentada do Precious esteja intacta, piazada. Caso contrário, perdi toda a herança de discos que o meu pai deixou, todas as Guitar Players, e acabaram-se as minhas esperanças de que um dia eu possa "catar" os livros de guerra do Fer pra mim. Todas as burradas do Fer juntas não chegam aos pés dessa minha burrada com a bateria do carro kkkkkkkk. "Sefodi", como diria o Du (Evil Dead) kkkkkk.

Mas é isso, jovens... Tem tanta coisa acontecendo, tantas decisões pra tomar. Tem uma semana pro concurso, não tô conseguindo estudar do jeito que eu gostaria.

Enfim, enfim...

Beijos, benhês.

5 comentários:

Emerson disse...

Lu, se tem reparo não tem problema, esse é o meu lema. Na verdade, meu lema tem umas palavrinhas a mais, mas em síntese é isso aí.

Assisti LOST (season finale) Ó.Ò

Cris Pironi disse...

Lu, os Pro Art são mais caros que Prada e os Klass Vough são mais caros que Pro Art. Na escala de qualidade, digamos assim, desses mais acesiveis seria assim: Klass Vough e Araiana, Pro Art e Prada.

Porémmmmmmmmmm..........

Varia de pincel pra pincel e td o mais. O ideal mesmo é ver a maciez do pincel. Tem uns q vale a pena investir mais e tal, outros q não, uns q são sempre sintéticos, outros q não.

Os de cerdas naturais duram mais, são mais macios e dão melhor acabamento, mas pinceis para aplicação de produtos líquidos e cremosos são sempre sintéticos.

Acho q se os Prada estão dando conta, tem q mandar ver. Eu mesma fiquei com meu de pó da Prada, barateeenhooo (acho q menos de 10 contos) um tempão, tenho até hj!

Bjsssss.

...::: A Luciana :::... disse...

Brigada, Cris!

Bonitas e bacanas disse...

Oi, Luciana.
Benvinda.

O meu carro anterior tbém falavam disso da correia, mas uma época ele tava dando problema e umas vezes tinha que pegar no tranco hahahaha

No fim, não estragou. Tomara que a sua também não.


Tô fazendo sorteio no blog, não esquece de participar, se quiser.
Bjss

Daniel disse...

Lu por dentro da área de mecânica, conhece até a correia dentada, kkkkkkkkkkkkk.
Po, Lu, liga não, isso sempre acontece, toma cuidado também quando for sair com o carro, de não esquecer o freio de mão puxado, ou esquecer de botar água do radiador, kkkkkkkkk.
Brincadeira. É que realmente já ouvi histórias cabulosas. kkkkkkkkk

Mas aí, Lu, relaxa, já passou, rsrs.
Qualquer coisa você tem a matilda kkkkk