Gostou de algum texto? Quer copiar o texto inteiro ou parte dele? Clique e saiba como fazer!

Licença Creative Commons
A obra Vagabond of the Western World de Luciana Alves Bonfim foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em dontfearthereaper1981.blogspot.com.

Desejados!!!

domingo, 19 de julho de 2009

Desvirtuand... digo, analisando letras de música.

Antes, apenas um comentário:


Ah que saco essa gente que fica achando que o homem não pisou na lua. Seria mais produtivo se revoltar contra a Cracolândia, a corrupção política e policial... Mas não... se revoltam contra astronautas velhinhos que tiveram a honra de pisar na lua e não podem ameaçá-los porque estão em suas casas lá nos EUA, enquanto os traficantes e corruptos estão aqui do lado da gente e ameaçam a nossa vida e a vida das nossas famílias. Vão se ferrar!



Enfim... vamos desvirt... digo, analisar uma letra de música hoje? O trecho de música escolhida para ser desvirt... analisada é a:



Dormi na Praça (Bruno e Marrone)



Seu guarda eu não sou vagabundo

Eu não sou delinquente

Sou um cara carente

Eu dormi na praça pensando nela



Seu guarda seja meu amigo

Me bata, me prenda, faça tudo comigo

Mas não me deixe ficar sem ela...



Vocês leram muito bem, né? O cara tá pedindo pro guarda ser amigo dele e fazer oque ele está pedindo. Vejamos e analisemos quais são as solicitações:



* Me bata: sinal de masoquismo? Pedindo assim desse jeito, só pode ser.



* Me prenda: hum... reforço da idéia de masoquismo. Eu e vocês, pessoas antenadas que somos, sabemos que existem várias opções de "brinquedinhos" que simulam "joguinhos" do tipo polícia/ladrão... algemas, etc... Além disso, está bem claro no começo deste trecho que o cara tá pedindo tudo isso pra um GUARDA. Hum... vai saber se não é uma fantasia da mente ou uma fantasia de roupa mesmo, néam. ¬¬



* Faça tudo comigo: pra quem ainda estava cético sobre a análise acima, o convite dessa última frase tá claro, néam!

Créditos pro Emmer, que também ajudou a desvirt... analisar a músga.

Bom... depois dessa coisa ridícula acima, só posso me desculpar pela babaquice, desejar uma boa semana para todos vocês e bla bla bla.



=]

3 comentários:

Cy disse...

Ah Luhh eu nun fico revoltada..naum..Mas q eu não acredito nisso eu não acredito..
E mto dificil de ingulir essa historinha do Homem ter ido a Lua..

Bonitas e bacanas disse...

Hahaha, Lu, adorei a análise dessa super música...rs
Cara pervertido!...rs

Também acho um saco isso. Meu, pra que iriam encenar isso da Lua, né? Então pq não encenam Marte logo. E também, uqer saber, foda-se se é verdade ou não. Que que muda na minha vida?
Mas eu acho que é verdade.
Bjs

Daniel disse...

Pra mim tanto faz se foram ou não foram a lua, kkkkkkkkk, é uma possibilidade não terem ido, mas que diferença isso faz? kkkkkkk

Essas análises são boas demais, Lu, a uns tempos atrás eu fiz uma de uma música da Ana Carolina, kkkkk e postei no Yahoo respostas, na época que frequentava lá, kkkkk.
teve gente que se amarrou na interpretação, KKKKkkkk, vou tentar achar depois.