Gostou de algum texto? Quer copiar o texto inteiro ou parte dele? Clique e saiba como fazer!

Licença Creative Commons
A obra Vagabond of the Western World de Luciana Alves Bonfim foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em dontfearthereaper1981.blogspot.com.

Desejados!!!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

O chato do Lobão de novo.

Esse post está cheio de palavrões, já tô avisando agora.
*
*
*
*
*
*
*
*
*
Lobão, vai tomar no seu cu!

Cara... nunca mais na vida eu fico quieta quando alguém que falar que o Lobão é um gênio, que o Lobão é fodão, que o Lobão é super inteligente.

Ahpraputaquepariu!

De novo vou reclamar dele aqui, que ódio... MTV: FAZ ALGUMA COISA! Ele é simplesmente INCAPAZ de conduzir um debate que preste. INCAPAZ!

Debates tão interessantes e idéias tão legais se perdem no meio de uma gritaria irritante, você não consegue ouvir as idéias, não consegue seguir um fio da meada, e o filho da puta do Lobão ainda fica lá, na ENORME PARCIALIDADE dele, interrompendo linhas de raciocínio super sensatas, super interessantes, super ridículas - mas são linhas de raciocínio de pessoas convidadas para um debate e que MERECEM ser ouvidas. Não interessa que o Lobão concorde ou não com as porras das linhas de raciocínio, ele PRECISA deixar que a pessoa fale.

Pra porra com o anarquismo, anarquismo o caralho! Tem que ter ordem nessa porra, sem ordem ninguém consegue se expressar corretamente, ninguém consegue terminar uma fala, ninguém consegue replicar de maneira justa e correta, e ninguém consegue usar uma tréplica de maneira decente! Ô, caraio!

Mas que merda! Detesto quando alguém pega uma coisa super interessante e transforma em uma merda total, qualé!

Não tô nem pedindo pra ser imparcial, tô só falando que seria bom se houvesse ordem nessas discussões, pra que todo mundo pudesse falar e ouvir também, cacete!

"Ah, mas o Lobão é um intelectual, ele pódji". Ah, intelectual? Xô falar uma coisa bem intelectual aqui:

"Posso não concordar com o que você diz, mas defendo até a morte o seu direito de dizê-lo", como já dizia Voltaire. Tiposque eu não concordo com o que ele diz, mas ele tem o direito de dizê-lo. Só precisa aprender COMO dizer. E precisa DEIXAR OS OUTROS DIZEREM também.

Ai, chega a dar dor de cabeça, que desgraça, mêo!

2 comentários:

Van t disse...

Leitor de Nietzsche, HAHAHAHA.

Daniel disse...

Po, quando vi esse programa pela primeira vez achei que seria genial "Putz, programa de debate com o Lobão. Lobão é o cara!". Depois que fui assistir, que decepção, kkkkkkk.

Na boa, Lu, lembro do programa do ratinho, kkkkkk, é uma zona total, absurdamente broxante ver o programa dele. Ele interrompe demais mesmo as pessoas, parece o faustão. É melhor ele mudar o estilo do programa, sei lá, pode transformar numa feira de rua, kkkk.