Gostou de algum texto? Quer copiar o texto inteiro ou parte dele? Clique e saiba como fazer!

Licença Creative Commons
A obra Vagabond of the Western World de Luciana Alves Bonfim foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em dontfearthereaper1981.blogspot.com.

Desejados!!!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Plano de ação 2010 - Planilha de contas a pagar ou receber.


Quando fiz o planejamento para 2010, usei dois programas. O "Orçamento Pessoal", que é um programa que baixei da net e que me permite controlar as contas a receber e a pagar, saber quem é o devedor/credor, analisar gráficos de gastos em determinada categoria que eu mesma criei, tipo... quanto por cento eu gasto em cosméticos, impostos, roupas, essas coisas; e ainda tirar relatórios de movimentações, previsão de saldo, contas a pagar/receber... uma maravilha. Recomendo.

Só que o programa ainda não era perfeitinho. Faltava uma visualização mês a mês, "tudo junto reunido". Daí que eu voltei a usar a minha tabelinha humilde mas limpinha no Excel. Eu faço assim:

Clique na imagem para aumentar


A - Aqui, eu estipulei os meses e o ano
B - Aqui, eu determinei todas as contas a receber, desde o salário, passando pelas nossas vaquinhas familiares, até as traduções que eu fiz e que ainda não me pagaram. Começo com o nome do "devedor" e porque ele me deve (salário, tradução, vaquinha do seguro do carro, vaquinha da piscina, essas coisas).
C - Aqui, eu tenho o valor total do quanto vou receber com certeza naquele mês, é só inserir neste espaço a soma de todas as linhas do item ENTRADAS.
D - Aqui, eu coloquei os gastos fixos, como conta de luz, internet, poupança, coisas que eu sempre vou ter que pagar.
E - Aqui, coloquei gastos que variam de mês pra mês, começando pelo nome do credor (pra quem eu devo) e porque devo (manutenção, lojas, se é depósito que tenho que fazer...) e previsões de gastos (lembra dos R$ 50,00 de sonhos de consumo por mês?).
F - Aqui, coloquei os gastos com o cartão de crédito e a descrição do gasto (se é a assinatura da revista, se é parcela de determinado produto).
G - Aqui, eu tenho o valor total do quanto gastei durante aquele mês, é só inserir neste espaço a soma de todas as linhas do item SAÍDAS.
H - Aqui, eu tenho o valor que eu ainda teria disponível para possíveis gastos naquele mês. É só inserir neste espaço a subtração das linhas que correspondem a TOTAL A RECEBER e TOTAL (das saídas). É dessa forma que eu sei se posso ou não fazer contas em determinados meses, ou até quanto posso gastar em determinado mês.

Bem simples, bem bobo, bem prático. Você pode fazer em casa e não é difícil descobrir como inserir as somas e subtrações. Se você gostou, tentou e não faz idéia de como inserir essas somas e coisa e tal, me manda um e-mail avisando que você gostaria de ter essa tabela, e eu te mando (sem estar preenchida com as minhas contas, lógico).

Exige atualização. Toda vez que eu faço uma conta, vou lá e entro com a informação. Se eu deixar de fazer isso, me perco nas contas e não sei o que eu tenho que pagar ou quem já me pagou. Quanto alguma conta é paga ou recebida, eu vou lá e "pinto de vermelho". Ou seja: sei que aquilo já está resolvido. Sempre imprimo e levo uma cópia comigo na carteira no começo do mês, até ter pago tudo direitinho.

Tenho o setup do Orçamento Pessoal também. Se alguém quiser, também disponibilizo!

É uma delícia ter tudo organizadinho assim... *doente*


SAGA = vai firme e forte que você consegue. Se você tiver a parte "H" que nem eu tenho ali na planilha, fica mais fácil se disciplinar. O impulso de comprar é forte, mas como eu sei que não tenho o suficiente, me seguro, rs.

=]

Um comentário:

Priscilla Watanabe disse...

Adorei a idéia Lu!
Eu tenho uma tabela pra lojinha, mas vou fazer uma para gastos pessoais também.
Quem sabe assim eu não consiga juntar um $.

Beijoss