Gostou de algum texto? Quer copiar o texto inteiro ou parte dele? Clique e saiba como fazer!

Licença Creative Commons
A obra Vagabond of the Western World de Luciana Alves Bonfim foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em dontfearthereaper1981.blogspot.com.

Desejados!!!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Diário de Férias, Parte III - O Natal, 1ª fase: a negação.

Não é segredo que o Natal e a Luciana não se dão muito bem.

Ah, eu odiava ganhar roupas de presente e queria mesmo era os brinquedos da Estrela que eu via na TV, mas que o papai noel (com letras minúsculas mesmo) nunca traziam - que ódio.

Só depois é que eu fui entender melhor as coisas. Daí, passei a odiar ainda mais essa porcaria de Natal que é tão contraditória dentro de mim: não é que eu só odeie, mas eu também gosto.

Gosto porque as pessoas ficam diferentes. Algumas ficam. Gosto porque tem alguma coisa de diferente no ar.

Odeio, porque não tenho como dar todos os presentes que gostaria de dar. Odeio porque penso nas crianças carentes que não vão ganhar porra nenhuma por causa da miséria em que vivem, e vão se decepcionar e sentir inveja dos brinquedos das outras crianças. Isso dói.

Odeio, porque aqui em casa a gente não tem costume de fazer ceia. Nem sabemos muito bem como é. Não temos uma família grande... digo... tenho trocentos tios, mas cada um tem sua própria família com filhos e netos. Só a gente que não.

Odeio, porque o Fer sempre tem que tocar na noite de Natal, e então ficamos só eu e a mãe em casa.

Odeio, porque o meu pai não está comigo nesses dias em que as famílias estão todas juntas. Está perto no coração, mas estar perto fisicamente é outra história.

Odeio, porque queria estar com meus amigos, mas todo mundo vai viajar nessa porra.

Ai, ai... me sinto melhor odiando o Natal do que gostando. Pode uma coisa dessas? Só mesmo uma frustrada pra pensar assim, né? kkkkkkk pelo menos eu acho engraçado rs.

Pra finalizar essa noite chatolina (natalina não, chatolina), uma agradável surpresa no msn. Também ri de chorar porque pensam que o cara que está comigo na foto do orkut "Nóis na Paulista" é meu namorado. Eu sei que meu irmão é um gato, mas não, brigada... não pego, ééééééca, que nojo! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Não esperem que eu deseje um Feliz Natal, faz favor! kkkkkkkkkkkkkkkkk

2 comentários:

Priscilla Watanabe disse...

Lu, eu acho essa data estranha também! Mas feliz natal!! kkk

Olha esse texto que coisa mais genial:

"Existe um dia da mentira muito mais mentiroso do que o 1º de Abril. Esse dia é 25 de Dezembro.

Nessa data comemora-se o nascimento de Jesus Cristo. Segundo historiadores e pistas bíblicas, é mais provável que Jesus tenha nascido entre Março ou Abril. Ou seja, é mentira que dia 25/12 é o nascimento do Messias.

Claro que isso não importa, pois Jesus nem é lembrado no Natal. Pelo menos não tanto quanto o Papai Noel. O Papai Noel não existe. Mais uma mentira natalina.

De todas mentiras, o Papai Noel é a que nunca compreendi. Por que os pais do mundo inteiro alimentam essa fantasia em seus filhos? Eles ganham o dinheiro suado, pegam filas intermináveis nas lojas, tem seus pés pisados nos centros comerciais, gastam o que não poderiam pra comprar o brinquedo do momento, embalam o presente com todo carinho e ainda dão o crédito a tudo isso para um pessoa que nem existe:

- Olha filho...não foi o pai que se fudeu todo pra comprar esse seu presente não viu. Foi o Papai Noel que te deu!
- Eu sei Pai... você é um mão de vaca de merda! O Papai Noel sim é gente boa!

Menino bonzinho ganha presente. Menino mal não. Mentira. Na verdade filho de rico ganha presente bom (por mais fdp que seja) e menino pobre ganha brinquedo feio ou não ganha nada (por mais boas notas que tire durante o ano).

É tradição Natalina, que parentes que não se bicam e nem mesmo se importam uns com os outros, coloquem suas diferenças de lado e ceiem juntos. Parentes que estão se lixando um para o outro e bancam de família feliz uma vez por ano é pura mentira .

No Natal, Roberto Carlos canta as mesmas músicas de sempre. Ele não tem uma música nova sequer. Nada diferente dos últimos 25 anos. Até a roupa é igual. As pessoas aplaudem e dizem que ele é o rei. Roberto Carlos rei é mais uma mentira .



Xuxa faz um especial de Natal. Na verdade não tem nada de especial, pois é mais do mesmo sempre. Outra mentira portanto.

Os enfeites de Natal são compostos por bonecos de neves, toucas, cachecóis e meias. Aqui não neva. Na verdade, em Dezembro, é verão aqui. Enfeites de natal são mentira.

No natal o que era ruim fica pior. A TV fica insuportável. Só passa programação especial de Natal. Os filmes são um pé no saco, e todos agem como mongolóides puritanos. Programação de Natal? Mentira das mais chatas.

Nos filmes que vemos a mensagem é sempre a mesma: O Natal é uma noite mágica e especial! Na verdade é uma noite como qualquer outra. Até mais deprimente que as noites comuns. Mensagens de Natal dos filmes Natalinos. Nem preciso dizer que isso é outra mentira.

Pelo que relacionei até aqui, somam-se 9 MENTIRAS em um único dia. Nove Mentiras!!! Nada mal para um data pura e cristã.

Mas quer saber? Mesmo assim eu vou comemorar o Natal, pois eu amo essa data. É nessa data que todos ficam mais humanos e eu sinto mais o calor do coração de todos. Adoro ver minha família reunida. Porque me importo muito com eles. E no natal sinto que esse amor é mútuo. Embora ache o Papai Noel idiota, sei que, de alguma forma, ele nos traz uma mensagem de esperança e união. Enfim, por mais ranzinza que eu seja, na noite de Natal me transformo em alguém que realmente vale a pena. Alguém especial de verdade, afinal, o Natal não é apenas uma data comercial. É acima de tudo, uma data de amor fraternal.

Pronto! Consegui arredondar pra 10!"



(Danilo Gentili)

Daniel disse...

Po, Lu, me lembrei agora da história dos faraós, kkkkkkkkkk