Gostou de algum texto? Quer copiar o texto inteiro ou parte dele? Clique e saiba como fazer!

Licença Creative Commons
A obra Vagabond of the Western World de Luciana Alves Bonfim foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em dontfearthereaper1981.blogspot.com.

Desejados!!!

sábado, 9 de janeiro de 2010

Diário de férias, parte V: o banho de sol

Que fique claro que eu sou branca. Branca que nem neve, pfffffffffffffff.
Quem me vê todos os dias não diria que eu sou tão branca, porque pego sol no rosto e braços, e tenho sardas no rosto. E braços. Que saco!

Mas levantou a blusa (uuuuiiiiiii) ou usou um shorts (aaaaaai) e lá vem eu exibindo minha pança branca e minhas pernas alvas. Que coisa mais linda no país do Carnaval!

De modos que, neste verão, decidi que mudaria essa situação: vou me bronzear. Cheguei a pedir um bronzeador da Avão, cheirinho de coco, uma diliça.

Ok... bronzeador passado, biquini vestido (é, gentes... quando vocês não estão comigo, eu uso biquini - que visão das profundezas do inferno). Agora, era só ficar no sol.

Malditos!

Maldito bronzeador, maldito biquini, maldita pele branca, maldito sooooool! Maldita hora que eu fui inventar de virar bronzeada.

Primeiro porque eu sou branca. Nunca vou ficar marrom, vou ficar vermelha.

Segundo porque eu sou branca. Qualquer cor marrom que aparecer em mim, vai parecer uma mancha.

Nada de marquinhas, nada de cor marrom. Nada! Aliás, sim... uma cor marrom em forma de mancha do lado de dentro do peito. Grande avanço. Continua assim, garota! Na próxima, quem sabe, você não mancha a coxa esquerda... do lado de dentro?

VDM!

2 comentários:

Daniel disse...

Lu bronzeada, que chic, kkkkk.
Faz tempo que não pego sol na praia, e quando to trabalhando de dia boto óculos escuro direto, fico igual ao zorro depois kkkkkkkkk.

Ah, Lu, o filme tem um lance de sobrenatural sim, tipo, o cara da loja, na sinopse informam que ele é o diabo, kkkkkkk. Mas fora isso, não tem nada não, nada de coisas paranormais nem nada, só trabalham mesmo no aspecto psicológico das pessoas, por isso eu achei maneirão também, kkkk. Acho que nem da pra considerar sobrenatural o fato do cara ser o Diabo. Comparando isso com outros filmes do SK, isso chega a ser real, kkkkkk.
Esperto que goste, Lu

beijão

M.V "Shogun" disse...

Experimenta vir pra cá, eu que sou meio moreno me lasquei na pscina em jaconé e fiquei feito pimentão assado.