Gostou de algum texto? Quer copiar o texto inteiro ou parte dele? Clique e saiba como fazer!

Licença Creative Commons
A obra Vagabond of the Western World de Luciana Alves Bonfim foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em dontfearthereaper1981.blogspot.com.

Desejados!!!

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

O que esses lugares lindos têm em comum?

O que esses lugares lindos têm em comum?


Bosque de Aokigahara - Japão


Ponte Golden Gate - EUA


Beachy Head - Inglaterra


Ponte Aurora - EUA


Ponte Coronado - EUA


Ponte Prince Edward - Canadá


Ponte Clifton - Inglaterra


Ponte Jacques Cartier - Canadá


Torre Eiffel - França


Niagara Falls - EUA/Canadá

São os campeões em lugares procurados por suicidas (de acordo com a sessão Esquisitices, do site R7). Apenas a primeira e a segunda imagem estão em ordem de "favorito".
Bonito, se não fosse trágico.

5 comentários:

Cris Pironi disse...

Eu juro q neu achei q ia ser "são lugares q vao acabar com terremotos"

Suicida é aquilo, ou é o verdadeiro, q corta os pulsos no banheiro de casa ou é aquele q alardeia mas nem é suicida nada ou aquele q quer em gde estilo.

E assim caminha a humanidade.

Bruna Belatriz Brasil disse...

Engraçado notar mais uma coisa: todos os locais ficam em países suficentemente desenvolvidos, em que acredita-se que a qualidade de vida é melhor, que tudo é melhor, e que com isso a população desses países devia ser suficientemente feliz pra não pensar em tolices como o suicídio. Isso é falta de aplicar a inteligência em coisa melhor e acreditar que se é o centro do universo. COmo se vê, dinheiro ou estabilidade financeira não são tudo.

Popmenta disse...

Vai entender o q se passa na cabeça de um suicida...

Se eu tivesse diante do Niagara Falls, a última coisa que pensaria era em me matar! O mundo é lindo, pô!

Bruna Belatriz Brasil disse...

Puxa Lú
Que legal saber que tem mais alguém que ama São Paulo como eu \o/
Quanto ao seu comentário desse post, mais uma vez verdade a história da pressão. Como sou também apaixonada pelo Japão com todas suas contradições, sempre faço questão de ler tudo relativo ao que é de lá. Uma vez li que a pressão que a sociedade japonesa faz sobre seus integrantes é tão grande, que já se inicia quando se está na escola. Quem não agir conforme o protocolo fica marginalizado, com as piores oportunidades, o que num país em que resultados são cobrados a todo momento como lá é extremamente esmagador e perverso. Não é a toa que lá é um dos lugares com um dos maiores indices de suicidas do mundo! Beijos e parabéns mais uma vez pelo belo post que serve pra gente avaliar bem a nossa vida, a do nosso país.

Daniel disse...

Po, Lu , li a uns tempos atrás uma matéria num blog sobre assuntos sobrenaturais sobre esse Bosque Aokigahara. Coisa de louco isso, são várias histórias que dizem ser reais que já aconteceram lá. Fiquei cabreirão, kkkk queria ir lá pra ver como é o clima da parada, kkk só de curioso, kkkkkkkkk