Gostou de algum texto? Quer copiar o texto inteiro ou parte dele? Clique e saiba como fazer!

Licença Creative Commons
A obra Vagabond of the Western World de Luciana Alves Bonfim foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em dontfearthereaper1981.blogspot.com.

Desejados!!!

terça-feira, 30 de março de 2010

To be or not to be - não tinha um título mais original mesmo!

(Cruzes, achei que já tivesse postado isso antes.. "Rascunho" é o caralho!)

Eu sou uma contradição, uma indecisão, uma dúvida, um enorme ponto de interrogação.

Não que eu ache bonito ser assim. Ou estar assim. Por que geminiano não É, e sim ESTÁ. Uma hora estou gostando, outra hora não estou mais gostando. Mas posso vir a gostar novamente - o que não me impede de desgostar mais uma vez. E assim sucessivamente, até alguém me chamar de duas caras.

Me angustia só de pensar na pressão que existe para que a gente tome uma posição ideológica para tudo nessa vida - desde comprar Nescau ou Muky até ser liberal ou convervador.

O Orkut, por exemplo, faz perguntas muito difíceis. Quando eu sei a resposta, não acho a opção para marcá-la.

O meu estado civil, por exemplo. Eu me encontro sentimentalmente comprometida, mas estou solteira. Quando o pensamento escapa, é no fulaninho que eu penso, mas estou solteira. Não consigo nem olhar pra uma árvore direito de tão boba que eu "estou" (ESTOU, e não SOU... vai saber...) e, mesmo assim estou solteira. Mas o Orkut não me dá a opção "platonicamente apaixonada". Prefiro deixar pra responder outra hora.

* Se eu tenho filhos? Não tem a opção "ainda não, mas pretendo um dia".
* Etnicidade? Não tem a opção "mistura de paulista abaianado com gaúcha".
* Religião? Não tem a opção "tem vezes que eu acredito, tem vezes não". E eu não quero a opção "espiritual, mas não religioso". Tem que ser a "tem vezes que eu acredito, tem vezes que não".
* Visão política? Essa é a PIOR pra responder. Como eu vou explicar que eu concordo com algumas premissas básicas do comunismo, mas acho a prática socialista uma bela bosta? Como eu vou dizer que acho o capitalismo justo sob determinadas perspectivas e injusta em outras? Não me venham com liberal de esquerda, que porra é essa?
* Orientação sexual? Poderia ter uma subdivisão: "heterossexual, no momento odiando os homens e desejando sua morte lenta e dolorosa".

E por aí vai... perguntas difíceis.

"O que eu QUERO comer agora?"
"O que eu QUERO fazer agora?"
"Sobre o que eu QUERO escrever agora?"

Olha só que bobagem enorme... num minuto eu QUERIA escrever sobre isso, e agora acho que esse texto não tem pé, nem cabeça, e não vai fazer sentido para ninguém além de mim. Então, eu QUERO apagar tudo, mas também NÃO QUERO me desfazer de pensamentos e reflexões (se é que eu posso chamar isso de reflexão).

Eu queria, eu não quis mais, daí eu quero, mas depois não quero.

NBo final, eu sempre tomo uma decisão. Mas no final, eu também acabo sempre com uma dúvida do tipo "será que não seria melhor ter feito daquele jeito...?"

Ai, eu canso.
E me canso!

Um comentário:

Daniel disse...

Eu tenho umas fases de indecisão supremas assim também, Lu, mas é raro, geralmente eu sou mais objetivo nas opções do orkut, kkkk, mas é muito superficial tudo isso, esses "about you" virtuais.

Poo, Lu, valeu pelas boas vindas, rsrs, e foi mal a demora pra responder, minha vida ta meio bagunçada, com mudança e outros problemas que apareceram todos ao mesmo tempo, kkkk, mas tranquilo, com o tempo resolvo.
Eu ando estudando eletricidade, tenho que fazer uma prova o quanto antes pra agir uma situação lá no serviço pra melhorar outra situação, kkkkkkkkk.

Po, todo mundo recebeu essa carta do google, kkkkkkk, e eu achando que era só eu, kkkkkkkkk.

Foi mal ter feito você imaginar dedos de funcionários dentro das caixinhas de suco, kkkkkkkkkkk. po, eu faço isso também de pegar tudo com o canudinho, mas sei lá, sempre tenho a impressão de que tem algo lá no fundo que sobra kkkkkkkkk.

O tempo longe da net rendeu sim, poderia ter rendido bem mais, mas não depende de mim só, kkkkk. Mas já valeu a pena.

Beijão, Lu ;)