Gostou de algum texto? Quer copiar o texto inteiro ou parte dele? Clique e saiba como fazer!

Licença Creative Commons
A obra Vagabond of the Western World de Luciana Alves Bonfim foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em dontfearthereaper1981.blogspot.com.

Desejados!!!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Lilly Potter: a verdadeira heroína da saga 'Harry Potter'

Tive que vir aqui postar isso, porque né... a medida que dia 15 de julho se aproxima, eu ouço cada teoria sobre o final de Relíquias da Morte - o livro, que MELDELS, né...
Então, se ainda existe alguém com dúvida sobre o que aconteceu no final de RdM, é o seguinte...

Depois da primeira parte da batalha de Hogwarts, ainda faltam DUAS horcruxes para serem destruídas: 1) Nagini, a cobra de estimação do Voldemort; e 2) o próprio Harry. Se você ainda não entendeu porque o Harry é uma das horcruxes? Eu explico:

Vodemort ouve falar sobre a profecia da professora Sibila Trelawney, de que aquele que derrotaria o lorde das trevas estava para chegar. Ele resolve se livrar logo de uma vez de uma possível ameaça, e por isso tenta matar o Harry. Mas o Voldie senta na jaca, porque a Lílian, mãe do Harry, morre tentando protegê-lo. Morrendo dessa forma, ela acaba liberando um feitiço GRANDÃO que, como resultado final, acaba protegendo o Harry de uma forma que o Voldie nunca poderia ter imaginado, e que dura por dezessete anos, até ele se tornar 'de maior' e poder chamar a casa onde foi criado de 'lar'.

E é com a morte da Lílian que a derrocada do Voldie começa: por causa do feitiço de proteção que a morte dela concede ao filho, o Avada Kedrava não causa nenhum dano a Harry, acaba ricocheteando no Voldie e ele acaba se estrepando duplamente: primeiro porque ele é atingido pelo próprio feitiço, só não morre por causa da existência de pedaços de sua alma guardadas em horcruxes, e acaba demorando quatorze anos para conseguir retomar sua forma física e poder voltar a agir sem depender de intermediários (Quirrell, por exemplo, em PS); e segundo porque ele acaba criando uma última horcrux sem querer, transferindo parte de sua alma para o objeto mais próximo no momento do ricochete - o próprio Harry. (Aqui, cabe lembrar que em OdP, Voldie está atrás da profecia, porque não entende o que aconteceu no dia em que tentou matar o Harry e não conseguiu, então quer saber a profecia verdadeira. Também é interessante lembrar que, por ser uma horcrux do Voldie, Harry acaba 'herdando' algumas características como a ofidioglosia e a conexão com a mente de Voldie - daí a ardência de sua cicatriz: Harry é um pedaço do próprio Voldemort. TEMÇO).

Entenderam essa parte?

Então, se vocês entendem como e porquê o Harry se tornou uma horcrux, e se vocês sabem que para destruir o Voldie é preciso ter todas as horcruxes destruídas, e se o Harry é uma das horcruxes, então... HARRY PRECISA MORRER!

E aí é que está todo o sacrilégio que eu tenho ouvido ultimamente sobre o final do livro. Uns dizem que o Harry morreu e ressucitou - bééééé, livro errado: Harry Potter não é a Bíblia, gentes! Outros dizem que ele desmaiou, outros que ele dormiu (whathefuck???). Bem, lá vai minha interpretação dos fatos:

Primeiro: Harry sabe que é uma das horcruxes, por que isto lhe é revelado através da penseira, nas lembranças das conversas de Snape e Dumbledore. Harry sabe que tem morrer para que a horcrux que ele representa seja destruída e Voldie possa se tornar mortal novamente. Justamente por isso ele deixa Nagini ao encargo de Neville - para ter certeza de que a última horcrux também será destruída.

Segundo: Harry praticamente 'caminha para a forca'. Ou seja, ele vai até o Voldie com a intenção de morrer para proteger seus amigos (oi, alguém lembrando da Lilly aqui?).

Terceiro: Harry não reage ao Avada Kedrava do Voldie.

Quarto: Quando é atingido pela maldição de morte Avada Kedrava, Harry acaba indo parar num lugar parecido com a estação de King's Cross, vendo um vulto horrível que parece ser de uma criança descarnada. Observem que, no momento em que Harry é atingido, Voldemort cai ao chão - lembram da Bella tentando ajudá-lo a se levantar? 

Estes fatos considerados, vamos à conclusão:

Na minha opinião, no mesmo instante em que Harry é atingido pelo AK, o pedaço de alma do Voldie dentro dele é destruído. O vulto em formato de criança descarnada na estação é, com certeza, o pedaço de alma destruído - a última horcrux - por isso que Harry menciona que sabe no que Voldie irá se transformar se insistir em tentar matá-lo.

Harry não chega a morrer - no máximo desmaiar SERIÃO, porque né... foi um AVADA KEDRAVA,  gente! Quem morre é o pedaço de alma do Voldie. O 'desmaio' parece durar minutos, mas na verdade sabemos ter durado apenas segundos, uma vez que ao abrir os olhos, Harry pode ver Voldie caído e tentando se levantar. Tipo: Avada Kedrava - Harry e Voldie caem - Voldie fica com cara de 'oi, caí!' e tenta se levantar - Comensais da Morte puxa-sacos tentam ajudá-lo - Harry volta à consciência. Segundinhos!!! Toda aquela descrição da conversa de Harry e Dumbledore me parece uma dica da J.K. pra nos mostrar que a última horcrux foi finalmente destruída, e é um tempo psicológico, por isso temos a impressão de que o desmaio durou vários minutos.

Voltando a Hogwarts, Voldie não consegue que seus feitiços de silêncio funcionem por muito tempo nos seus oponentes. Minha opinião é a de que o mesmo feitiço de proteção desencadeado por Lílian quando morreu para proteger Harry é liberado pelo próprio Harry quando ele deixa que Voldie o mate (aqui cabe dizer que Harry realmente parecia acreditar que morreria, mas mesmo assim se entregou para que a horcrux dentro dele pudesse ser destruída. Na minha opinião, o feitiço de proteção liberado pela morte da mãe, além do fato de caminhar voluntariamente para a morte e não ter reagido ao Avada Kedrava foram fatores decisivos para que Harry saísse ileso). Desta forma, todos no castelo estão protegidos porque Harry desencadeou o feitiço de proteção ao se entregar e tentar protegê-los de mais mortes.

E não, por tudo que é mais sagrado, HARRY NÃO MATOU VOLDEMORT!!! Harry NÃO É UM ASSASSINO!!!

Harry DERROTOU Voldemort!!! O Avada Kedrava que matou Voldie não foi lançado pelo Harry, mas sim pelo próprio Voldie. E aqui é interessante perceber que tudo termina como começou: com o Avada Kedrava lançado por Voldie em direção a Harry ricocheteando no próprio Voldie e, desta vez, matando-o definitivamente, uma vez que não existem mais horcruxes.

No final das contas, a verdadeira heroína da história foi Lílian Potter, mãe do Harry:   foi sua morte que desencadeou todos os fatos que, ao final de dezessete anos, levou à derrota definitiva do lorde das trevas. Morrendo para proteger Harry, ela concedeu um tipo de proteção jamais imaginada por Voldie. Por causa desta proteção, Harry acabou derrotando Voldie pela primeira vez e se tornando uma horcrux. Se entregando no final do livro, Harry acaba tendo a horcrux como uma espécie de escudo - esta sim destruída. Isso, aliado aos outros fatores que eu já mencionei lá pra cima, acabam por protegê-lo do segundo Avada Kedrava.

E tudo isso, por quê? Por que a LINDA da Lílian Potter morreu para proteger o bebê Harry.

Choray.

E vocês... concordam? Eu vou lá pra aula de Literatura Brasileira I, que já está quase acabando. Fiquei estudando "literatura" aqui no blog, ehehehehe... perdi a hora. Mas eu PRECISAVA postar... foi mais forte que eu.

E hoje faltam 45 dias CRAVADOS para dia 15 de julho!
Morri!

Um comentário:

Erms disse...

Esse seu post me fez lembrar da teoria q o Harry morreu, com base no pensamento/premonição q ele teve no casamento ;D